Saimos do Brasil, mas o Brasil nao sai de nos! (Portuguese)

 

Quando me perguntam por que eu nao voltarei morar no Brasil, sempre menciono a minha  analogia  ” O Brasil e como a casa dos nossos pais, onde crescemos e vivemos parte da nossa vida. Mas um dia a gente amadurece e, casa ou vai viver independente. E claro que amamos a casa dos pais, temos saudades, lembrancas, mas, nao e mais a nossa casa…”. Assim me sinto em relacao ao Brasil, amo, visito, respeito, tenho saudades as vezes, mas nao ehmais minha casa.

Ha  quase 20 anos eu tomei a decisao mais importate da minha vida,
quando decidi morar nos Estados Unidos.

Milhares de brasileiros que fizeram o mesmo, hoje residem aqui e chamam esse pais de “casa”. enquanto muitos outros realizaram seus objetivos e voltaram para o Brasil. Existem tambem aqueles  que,  apesar de terem realizado  seus objetivos financeiros  e ido embora,  nao conseguiram mais se acoustumar no Brasil e acabaram voltando pra ficar.

A vida na america  nao e facil pra quem nao foca em aprender a lingua, se profissionalizar e assimilar a cultura., E com isso, o cordao umbilical nao e cortado.. Vejo muitos que estao aqui ha 20 – 30 anos e nao falam a lingua, nao conhecem a historia desse pais, nao se envolve nas questoes atuais. Esses so fazem compra em lojas brasileiras, so assistem a TV globo em casa, so falam Portugues com os filhos (o que nao eh ruim) e constantemente dependem de outras pessoas para fazer coisas simples, como preencher um formulario or conversar com os professores na escola dos filhos.

 

MAS POR QUE NAO ME ACOSTUMO NA AMERICA?

Existem varios motivos pelos quais muitos
nao coseguem assimilar a cultura e chamar os Estados Unidos de “minha
casa”. Enquanto muitos tem razoes especiais para voltar logo
para “cssa”, frequentemente vejo duas coisas que eles
todos tem em comum.

 

A PRIORIDADE SAO AS FINANCA
Deixaram a familia para tras (filhos, conjuges).  Focaram apenas em trabalhar, nao sobrando tempo para estuda  Ingles e assimilar o modo de vida americano.Esses economizaram cada  centavo que ganharam e investiram tudo no Brazil;
Por nao falarem Ingles ou nao viverem aqui ilegalmente,
muitos deixaram suas profissoes de colar branco no Brasil para
trabalhar em areas que consideram abaixo de seu nivel. Por exemplo,
conheci muitas pessoas com Terceiro Grau Completo do Brasil
trabalhando com limpeza etc.
Falta de documentos legais tambem e outro fator que conta
muito. Ninguem quer “construir castelo em areia movidica”.
Inclui nessa categoria aqueles que vao embora, apesar de nao
querer, para que os filhos possam cursar uma faculdade no Brasil ou
simplesmente para aposentar.
A minha historia e diferente. Eu ja vim pra ficar e pra mim tudo
foi mais facil.
FAMILIA: Apesar de sentir falta de meus pais, irmaos e
amigos, sempre tive em mente que meus irmaos casaram-se e
constituiram suas proprias familias, enquanto meus pais um dia nos
deixariam entao, na verdade, eu nao tenho raizes fincadas em
Arapongas, Parana – Brazil. Alem de meu mairdo (Americano),
tem meu filho, que nao tem conexao nenhuma com o Brasil, nao fala
portugues e que, pelo fato do seu pai ser tbm americano, nao tem
possibilidade alguma de ele vir a morar no brasil comigo.
Assimilacao: A outra diferenca e que, gracas a minha mae,
eu estudei Ingles por 5 anos, quando aqui cheguei depois de alguns
meses fui morar com americanos, trabalhava com americanos. O fato
de ter me casado com americanos fez com que eu assimilasse a
cultura rapidamente.
Carreira: Meu primeiro emprego na america foi pegando ordens
no drive through do McDonald’s. Esse trabalho me foi arranjado pelo
namorado da minha roommate, e haviam outros brasileiros trabalhando
la mas por nao falarem ingles, trabalhavam na cozinha.
Esse periodo de 7 meses foi muito importante e foi quando meu
ingles “desenferrujou”, mas logo que comecei sentir
seguranca em minha fuencia em Ingles, comecei a trabalhar em um
laboratorio de Controle da Qualidade, fui contratada na primeira
tentativiva por ter 7 anos de experiencia em CQ e por ser
bi-lingue.
4) Documento: Cidadania Ameiricana me deu a chance de buscar
oportunidades de avanco na minha carreira, o que aumenta a
qualidade de vida.